Silvania Miranda traz toque mineiro para o FWPS

Grife mineira estreia no maior evento de moda plus size do país

E Minas Gerais chega com tudo nesta edição do Fashion Weekend Plus Size. Veremos a estreia da marca Silvânia Miranda na passarela e no salão de negócios. O desfile da grife, a propósito, vem com um tempero extra de mineiridade: mais da metade dos looks serão apresentados por modelos do estado, reforçando o estilo da moda produzida por aqui e, claro, a notória beleza da mulher mineira.

As peças que estarão na passarela ainda são um bem guardado segredo. O que podemos adiantar por enquanto é que a Silvânia Miranda vem de alfaiataria clássica com um toque de modernidade.

logo silvania miranda

História

No concorrido mercado mineiro há mais de duas décadas, a grife vem apostando fortemente no plus size ao longo das últimas três coleções, frente ao expressivo aumento de demanda por manequins maiores. A chegada da nova gerente Malena Pires no ano passado, com experiência no plus e super conectada às tendências do mercado, também foi diferencial.

silvania miranda 1

Silvânia

A marca leva o nome de sua criadora. Natural de Teófilo Otoni (região do Jequitinhonha e Mucuri), a empreendedora Silvânia Miranda vivencia o contexto de moda desde a infância. O pai tinha açougue e supermercado, mas era alfaiate de profissão. Ele deixava as lojas com os filhos e ia confeccionar ternos e paletós para políticos da cidade.

Muito cedo, ainda aos nove anos, Silvânia auxiliava uma costureira vizinha a arrematar e dobrar roupas em troca de feitio. Na mesma época, já pedia a um sapateiro da vizinhança para produzir sapatos e bolsinhas desenhados por ela mesma (em troca de vender sapatos na escola).

Mais tarde, em meados dos anos 1970, trocou o interior pela capital Belo Horizonte. De tanto vender roupas para as amigas, comprou um showroom em área nobre da cidade. Por um tempo, a empresária dedicou-se apenas à representação multimarcas, até que, em 1993, tomou coragem para lançar a própria marca.

Silvânia conta que se sente frustrada quando entra em uma uma loja, tem o desejo de vestir uma roupa e a mesma não cabe ou vem com uma etiqueta que não expressa a realidade. Por também ser plus, ao produzir uma peça, faz um comparativo sobre aquilo que fica bem no próprio corpo, qualificando o produto final.

DNA mineiro também no casting

A grife fez questão de desfilar não apenas as belas criações, mas também o charme e a beleza da mulher mineira. Conheça agora quem são as modelos de MG que apresentarão a grife Silvânia Miranda no desfile do FWPS, captadas principalmente no 1º Miss Minas Gerais Plus Size Oficial (coordenado pelo DasPlus) e no 1º Curso de Modelo e Manequim Plus Size DasPlus/Agência Doze:

Silvia Neves

silvia minas gerais plus size

Uma recordista de participações. Esta será a 12ª vez que a beleza avassaladora da top model Silvia Neves cruzará a passarela do FWPS. Desde a adolescência, a mineira de Pirapora batia de porta em porta em agências, na esperança de se tornar modelo. Recebia de volta elogios pela beleza, mas sempre acompanhados de um conselho: “Emagreça!”. Quis o destino que o plus size aportasse de vez no Brasil, pelo pioneirismo de figuras como Renata Poskus, promotora do Fashion Weeekend Plus Size. E foi ao conhecer Renata, em uma das edições do Dia de Modelo do Blog Mulherão em São Paulo, que a trajetória de Silvia como modelo começou a ser construída. Dali vieram dezenas de trabalhos em grifes plus size de todo o Brasil. Em 2012, ao lado de Rafa Coelho, cria o site DasPlus, para “sacudir” o mercado mineiro. Deu certo! Já em 2015, atua na coordenação do Miss Minas Gerais Plus Size Oficial e, também com Rafa Coelho, inicia a primeira turma do Curso de Modelo e Manequim Plus Size da Agência Doze, onde dissemina a experiência e o conhecimento para a formação de novas modelos. Pedagoga por formação, estudante de música, cantora lírica, ariana teimosa e atleticana por paixão, Silvia é a atual Miss Brasil Plus Size Sênior, e uma das modelos plus mais requisitadas do país.

 Rafa Coelho

rafa minas gerais plus size

Do bullying sofrido desde a infância até a fase adulta (veja só, por ser muito magra), Rafa Coelho viu sua vida mudar em 2009, depois que uma doença a fez engordar 50kg. A nova fase, agora propícia ao preconceito pelo excesso de peso, virou uma janela de oportunidades. O gatilho foi o 1º Dia de Modelo do Blog Mulherão em Belo Horizonte, quando conheceu a promotora do evento, Renata Poskus, e a top mineira Silvia Neves, que auxiliava na produção. O ensaio levou Rafa às passarelas do FWPS nas duas edições de 2012. Desde então, a consultora de moda tem se dedicado ao mercado plus. Formou-se em rádio e TV, em Gestão de Marcas e Estilo, e foi co-criadora do DasPlus. Ainda na fase magra, Rafa foi modelo convencional, experiência que habilitou a belo-horizontina na preparação de outras modelos durante o aclamado Miss Minas Gerais Plus Size Oficial, realizado no fim do ano passado, e também no Curso de Modelo e Manequim Plus Size da Agência Doze, que vai para a sua segunda turma. A superação está no DNA de Rafa Coelho. Um grave acidente em  2013 rendeu-lhe uma prótese no joelho e dois anos usando muletas. O retorno às passarelas está marcado para a nova edição do Fashion Weekend Plus Size, que vem aí!

Ana Carolina Saraiva

ana carolina minas gerais plus size

A designer de interiores e professora de Biologia iniciou a carreira de modelo plus size de uma forma no mínimo inusitada: por sugestão de um aluno. E as coisas não demoraram a acontecer para quem, desde a adolescência, já sonhava com o ofício. Primeiro, a participação em um concurso voltado para new faces. Pouco depois, a disputa pelo Miss Minas Gerais Plus Size Oficial. A coroa não veio. No lugar dela, o passaporte carimbado para a passarela do maior evento de moda plus size do país, no casting da mineiríssima Silvânia Miranda. “Minas tem muito o que mostrar ao Brasil. Temos moda, profissionais preparados e muita, muita vontade de inspirar todas as pessoas, através do nosso trabalho”, afirma, enquanto curte uma ponta de ansiedade pela estreia no FWPS.

Andreia Helena

andreia minas gerais plus size

Ela tem apenas 21 anos, e cravou o seu espaço no Fashion Weekend Plus Size quando, no final do ano passado lacrou em duas frentes dentro do mesmo fim de semana. Primeiro, como um dos destaques no Miss Minas Gerais Plus Size Oficial. Dois dias depois, participando de uma sessão de fotos arrasadora no Dia de Modelo do Blog Mulherão, também realizado em Belo Horizonte. Esta mineira super sorridente, carinhosa, alegre e religiosa não dispensa passar o tempo com a família, o namorado e os amigos. Só que neste exato momento, ela já está é de malas prontas para São Paulo, para se juntar ao esquadrão mineiro que vai desfilar a nova coleção Silvânia Miranda. “Participar de um evento tão grandioso e respeitado me deixa muito empolgada e lisonjeada. Significa que todo esforço que tenho feito está valendo a pena. Tenho certeza de que será inesquecível”. Nós também, Andreia!

Dulce Oliveira

dulce

Ela conviveu a vida toda com o manequim GG. Mas autoestima é coisa que nunca faltou para a estudante de Pedagogia, que aos 31 anos dá os primeiros passos como modelo plus size. O segredo? Estar de bem com a vida e perseverar. Foi assim, com garra, que buscou a capacitação como modelo profissional, alcançando as credenciais para estar pela primeira vez na passarela do FWPS. “É muito gratificante esta oportunidade. A ideia de desfilar no mundo da moda era algo que nunca tinha imaginado fazer. Por meio do Fashion Weekend Plus Size, estou promovendo a autoestima de mulheres que, como eu, sempre foram discriminadas pela sociedade e por um padrão de beleza imposto pela ditadura da magreza”, pontua.

Jackeline Augusto

jaque minas gerais plus size

Aos 16 anos (e isso foi há apenas cinco anos!), ela sofreu bullying no ensino médio. Foi esculachada pelos colegas de sala através de um desenho que se espalhou por toda a escola. Naquele momento, a menina já se acostumava a sofrer calada as mais diversas formas de preconceito, mas com sabedoria, um caráter ímpar e o grande exemplo da mãe dentro de casa, obteve a força necessária para superar essas e muitas outras adversidades. “Você quer, você pode, você consegue”, dizia-lhe a mãe. E a menina de Juiz de Fora foi lá e fez. Chegou à faculdade de Direito e, no fim de 2015, conquistou a faixa e a coroa do 1º Miss Minas Gerais Plus Size Oficial. “Foi no concurso que eu recebi o convite para desfilar no FWPS. E o que eu achei? Eu achei o máximo! É a certeza de que eu posso chegar onde eu quiser. E lá estarei eu. Negra, gorda, em um evento que um dia foi sonho, e hoje se torna realidade. Os preconceitos que um dia enfrentei, sou grata a eles. Foram um gás e tanto para cada vitória”, decreta.

Pâm Alves

pamela minas gerais plus size

 

 Ela é publicitária freelancer e atua há 2 anos num grupo de voluntariado, que leva alegria a pacientes em hospitais. Há 12 anos, perdeu a mãe, atribui o seu fortalecimento como pessoa e como mulher depois disso, e têm certeza que a  força para vencer na vida vem dela. Há alguns anos,  foi abordada por uma agência de modelos. Não levou a sério, justamente por sempre ter sido gordinha, e na época o plus size não tinha tanta visibilidade quanto tem hoje. Mas isso despertou uma vontade que Pâmela nunca tinha tido: a de ser modelo. Todo mundo dizia que  ela tinha “um rosto lindo”. E isso já estava enraizado nela. Um rosto lindo e só. A participação no Miss MG Plus Size Oficial veio para, mostrar que não é só “um rosto lindo”. É muito mais que isso! É ser feliz com seu rosto lindo, com seu corpo lindo. Ser linda do jeito que você escolheu ser, e não do jeito que as pessoas querem que você seja.O resto da história? Vocês já sabem! O convite para participar do FWPS, através de uma grife mineira. Um sonho realizado.

 Vivi Olly

vivi minas gerais plus size

Ela foi modelo de passarela na infância e amava o que fazia. Só que na pré-adolescência, ganhou peso e, junto com os quilos a mais, a desmotivação por não mais conseguir acompanhar os padrões de beleza mostrados pela mídia. Desistir não foi uma opção. Dar a volta por cima, sim, e o recomeço da trajetória partiu da própria aceitação. Foi o click para assumir também o cabelo crespo e ampliar ainda mais os horizontes. Hoje, a estudante de Publicidade e Propaganda escreve para o blog Blackacheadas e uma espetacular participação no 1º Miss Minas Gerais Plus Size Oficial, alcançando o 4º lugar. Vivi Olly é mais uma mineirinha de malas prontas para brilhar no FWPS. “Estar lá representando uma marca mineira é motivo de muito orgulho, e significa a conquista de mais um degrau na minha carreira, já que o evento tem grande visibilidade no mercado e pode abrir portas para quem, assim como eu, está apenas começando”. Recomeçando, Vivi!

Vivian Louise

vivian louise minas gerais plus size

Além de modelo, Vivian é estudante de Direito e trabalha como maquiadora. Hoje aos 27 anos, ela lembra que durante boa parte da vida enfrentou verdadeira tortura psicológica – inclusive dentro de casa – para não ser gorda. “Até que um dia eu resolvi dar um basta nisso. Foi então que comecei a conhecer esse novo mundo, acompanhar meninas mais ‘cheinhas’ no Instagram… e perceber que são lindas de verdade, que sim, é possível ser ao mesmo tempo gordinha, sexy, confiante, linda e estilosa. Assim, tenho vivido bem com o meu corpo. Sem crises de choro na hora de me vestir ou de ver uma foto, e me sentindo mais confortável na sociedade”, conta. E não é que essa tal de autoestima atrai mesmo coisa boa! “Há um mês, eu recebi a notícia de que iria desfilar no Fashion Weekend Plus Size. Achei que ia explodir de alegria. Para mim, é a recompensa de todo o esforço no curso de modelo, de ter conseguido o meu registro e de todo o empenho para que eu fosse selecionada. É a realização de um sonho estar no maior evento do segmento no país”, finaliza.

Showroom Silvânia Miranda
Rua Turqueza, 776
Prado | Belo Horizonte – MG | Cep: 30.411-203
Telefone: (31) 3371 4680 | Fax.: (31) 3334 5081
WhatsApp (31) 8667-5783
contato@silvaniamiranda.com.br